sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Acupuntura Japonesa: Avaliação a gravidade da doença em crianças.


O especialista em Shonishin deve estar atento ao:
1-) dedo indicador (aduanas da boca do tigre).
2-)Região Temporal
3-) Olhos.

Hoje será citada a avaliação do Dedo indicador em crianças.
O método consiste em inspecionar o dedo indicador (lado medial anatômico). Nesta área aparecerão capilares venoso e arterial.

Devemos observa detalhadamente as suas colorações e a da pele para julgar a enfermidades. Se for menino, usar o dedo indicador da mão esquerda. Se for menina, utilize o dedo indicador da mão direita.

Há, no dedo indicador do bebê, três áreas (proximal, média e distal).
A área proximal chama-se tradicionalmente: “aduana do vento”.
A área média chama-se. “aduana da vida”.
Em caso de doença, aparecem capilares de coloração diferenciada, o que permite detectar se a doença está a superfície, se é de obstrução ou profunda.

O tom Vermelho-claro demonstra que o bebe foi atacado pelo frio e o calor se mantem na superfície.
O tom vermelho-escuro demonstra obstrução dos canais pelo frio.
O tom de roxo demonstra que a doença se encontra na profundidade.
O tom de branco demonstra estado emocional abalado.
O tom de preto e amarelo demonstra a doença ampla de difícil cura.

Embora o diagnostico para o menino e menina seja evidenciado, devemos observa sempre os dois dedos indicadores (mão direita e esquerda). É bom informar que o dedo esquerdo representa o coração e fígado. O dedo direito representa o pulmão e baço (sempre analise os dois).

Quando ocorrerem pintas vermelhas no dedo esquerdo, há febre e mal-estar. Quando as pintas aparecem no dedo direito, há tensão e dor acima do umbigo. Quando houver capilar preenchendo a aduana do vento, a doença não se instalou (doença leve) e se corrigirá por si só.

Quando invade a aduana da energia, é doença grave. Ao alcançar a aduna da vida, torna-se incurável. Um mau sinal é a presença de capilar azulado preto e sintomas graves. Há possibilidade de óbito.

Um comentário:

  1. Muito interessante...tudo que indica método de diagóstico eu adooooro!!!!

    ResponderExcluir