segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Seguindo o CAMINHO....


O Lao Tsé fundador do Tao Te Ching, convida a humanidade a seguir o fluxo cósmico natural do universo, conhecido como o TAO, ou "O Caminho".

O texto sublinha que os humanos fazem parte dese fluxo natural e que seria arrogante, por sua vez, querer impor-lhe ordem.

Embora essa filosofia contradiga o confucionismo, sua implantação permitiu o povo chinês utilizar os princípios das duas religiões, segundo ditassem as circunstância da vida.

De acordo com os taoístas, aproximar-se do mundo natural era o caminho para obter uma paz interior e o equilíbrio na vida. É preciso optar pelo simples diante do complexo, e pela submissão antes que pela resistência, a fim de que se possa alcançar o objetivo de ornar-se "amorfo, livre de desejos, sem se esforçar em nada....contente". 
Os primeiros praticantes adotavam dietas simples, exercitavam-se e, as vezes, abandonavam completamente a civilização, vivendo como eremitas em matas e montes.  Ali acreditavam que podiam alcançar a imortalidade espiritual (a longevidade em plenitude), quando seus corpos se desintegrassem e suas almas fossem libertadas para o universo.

No entanto, no seculo II, os taoístas pensaram que podiam alcançar o desprendimento em qualquer lugar e começaram a procura essa imortalidade através das artes mágicas. Começou-se a atribuir aos sacerdotes poderes sobrenaturais que lhes permitiam não apenas curar doenças, exorcizar demônios e invoca os espirito celestiais, como também predizer o futuro.

O taoísmo enraizou-se profundamente no povo simples e concorreu co o budismo na influencia sobre os governantes chineses.

Durante a dinastia Song, o imperador Huizong transformou muitos mosteiros budistas em templo taoístas e compendiou o primeiro cânone taoísta completo da história chinesa.

Referencias:
What Life Was Like in The Land of The Dragon - Imperial China 960-1368 - Ano 2008 Edição Brasileira.
Tradução: Francisco Manhães, Maria Júlia Braga, Ângela Zarate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário