sábado, 7 de julho de 2012

A Psiconeuroacupuntura.


Texto: Rafael F. Ruiz Rodríguez.

Como pode ser observado nos textos do professor Juan Pablo Moltó: “A Psiconeuroacupuntura é um sistema de terapia focado na mente (Shen). A mente (Shen) é um conceito escorregadio e , as vezes, um pouco mal definido. Na Psiconeuroacupuntura tentamos defini-lo por varias perspectivas: das psicologias avançadas, da neurofisiologia e da Medicina Chinesa, criando-se assim uma base menos subjetivas e muito mais objetiva, com a finalidade de criar tratamentos mais efetivos e alcançar o máximo progmatismo do sistema”.

Os estudos e pesquisas conduzidas por este professor sobre a mente humana e suas relações com nosso sistema orgânico, energéticos e neurológicos, oferecem um interessantíssimo e completo fundo de conhecimentos, úteis tanto para os praticantes de Medicina Chinesa, como para os psicólogos.

O professor Juan Pablo Moltó deu um valioso passo que, como aqueles de todos os visionários, abrem novos caminhos em direção a novos espaços. No contexto das práticas da Medicina Chinesa, esses são os passos que nos ajudam a avançar e evoluir como ciência e como arte.
As considerações a respeito de todos os processos neurológicos, o estudo das características da personalidade, assim como outros aspectos das ciências psicológicas modernas, foram fundido om as teorias tradicionais a respeito do psiquismo holístico sob o prisma da Medicina Chinesa, alcançando assim um corpo teórico totalmente integrado e possibilitando também um planejamento terapêutico capaz de utilizar formulas de acupuntura práticas e coerentes.

Desta forma, assistimos ao nascimento de mais um ramo da acupunture, de nacionalidade espanhola, e que em pouco tempo começou a conquistar seu espaço no mundo das diversas terapias naturais, graças a sua solidez e pela consistência de suas abordagens.
Caso desejam mais informações, favor consultar a página: www.psiconeuroacupuntura.com.

Fonte: Revista Medicina Chinesa Brasil, N°01.
Ano: 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário