domingo, 18 de dezembro de 2011

Ativação de imagem por ressonância magnética funcional do cérebro na criança: ponto verdadeiro de acupuntura versus ponto SHAM de acupuntura.



Wu Y, Jin Z, Li K, Lu ZL, Wong V, Han TL, Zheng H, Caspi O,Liu G, Zeng YW, Zou LP. Functional magnetic resonance imagingactivation of the brain in children: real acupoint versus sham acupoint. J Child Neurol. 2010 Jul;25(7):849-55. Department of Neurology, Beijing Children’s Hospital,The Capital Medical University, Beijing, China.

Objetivo::: O presente estudo teve por objetivo examinar os possíveis padrões de ativação do cérebro mediante o estímulo acupuntural do ponto de acupuntura F3 (Taichong) em comparação com um ponto de acupuntura SHAM em crianças saudáveis e sob sedação, através do uso de imagens por ressonância magnética funcional.

Método::: Imagens por ressonância magnética funcional do cérebro de 10 crianças saudáveis e sob sedação foram obtidas durante o período em que se mantinha estimulação no ponto de acupuntura F3 (Taichong) e durante a estimulação de um ponto de acupuntura próximo, SHAM, de acordo com uma ordem randomicamente estabelecida. Durante a fase de estímulo foram avaliados os métodos de rotação das agulhas e de simples retenção. O método usado para análise das imagens foi aquele do paradigma dos blocos e os dados das ressonância magnética funcional foram analisados através do SPM 99.

Resultados::: Diversas regiões do cérebro foram ativadas com o emprego de ambos os pontos, o F3 (Taichong) e o ponto SHAM. Entretanto, os padrões apresentados foram diferentes para cada um dos pontos.

Conclusão::: Os pesquisadores, através dos resultados obtidos, sugerem que os padrões de ativação cerebral obtidos pelo estímulo da acupuntura podem auxiliar na explicação de alguns de seus efeitos terapêuticos.

FONTE: Medicina Chinesa Brasil, 
Volume: 01. N°01, pag 16.

Nenhum comentário:

Postar um comentário