terça-feira, 17 de maio de 2011

Estudos Histologicos sobre os pontos de acupuntura.


Em 1959, anatomistas da Universidade de Shanghai, realizaram preparações de cortes histológicos da pele, de várias regiões do corpo, que correspondiam a 324 pontos, da acupuntura clássica usados milenarmente para fazer tratamentos, principalmente no combate a dores. Esses autores demonstraram que em 323 deles, encontravam-se terminações nervosas dentro de 5mm em volta de cada ponto. Outros autores, em 1985 demonstraram que os pontos de acupuntura eram regiões da pele cuja resistência elétrica era baixa, apesar de ter uma grande concentração de terminações nervosas livres. Pouco depois, outros estudos revelaram que desses pontos saem fibras nervosas em direção à fáscia muscular ou para a camada músculo-aponeurótica, de todos os músculos que estão na superfície do corpo. Estudiosos japoneses, em 1993, demonstraram que tanto fazia para o organismo estimular um ponto de acupuntura através da pele, ou diretamente o nervo correspondente, pois, as informações nervosas, que chamam-se potenciais evocados, atingem o sistema nervoso central (SNC) de forma idêntica.

Dito de outra forma um ponto de acupuntura é uma região da pele em que é grande a concentração de terminações nervosas, que estão ligadas a várias sensações (por isso também chamadas de sensoriais-dor, calor, formigamento, etc...) e sua estimulação possibilita acesso direto ao SNC.

Dito ainda de outra forma, o estímulo dos pontos da acupuntura atuaria como se fosse um medicamento injetado na veia e tivesse uma ação rápida como combate a dor.
Isso é uma formulação teórica, a qual a medicina tradicional e a ocidental, não aceitam na sua totalidade, embora, admitam que existem algumas
formas de anestesia ou analgesia (ausência de dor) que se consegue com a acupuntura.

J. Faudette e colaboradores, fisiatras, do Departamento de Medicina Física e Reabilitação, da Harvard Medical School, Boston, afirmaram que a eficácia da acupuntura para vários tipos de dores músculo equeléticas relacionadas a coluna, a artrose no joelho, fibromialgia, tendinites do braço, inclusive Ler/Dort e fibromialgia não tem a sua eficácia comprovada, o que implica na necessidade de melhores estudos.

Fonte: Phys Med Rehabil Clin N Am. 2004 Nov;15(4):74

Nenhum comentário:

Postar um comentário